domingo, 13 de novembro de 2011

Livro: Provérbios (Bíblia) / Autores: Salomão, Agur e Lemuel (?)

1- "Porque melhor é a sabedoria do que jóias, e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela." (8; 11)

2- "O ódio provoca brigas, mas o amor perdoa todas as ofensas." (10; 12)

3- "A integridade dos retos os guia, mas aos pérfidos a sua mesma falsidade os destrói." (11; 3)

4- "O homem bondoso faz bem a si mesmo, mas o cruel a si mesmo se fere." (11; 17)

5- "Como jóia de ouro em focinho de porco, assim é a mulher formosa que não tem discrição." (11; 22)

6- "Há fraude no coração dos que maquinam mal, mas alegria têm os que aconselham a paz." (12; 20)

7- "A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra." (12; 25)

8- "O que guarda a boca conserva a sua alma, mas o que muito abre os lábios a si mesmo se arruína." (13; 03)

9- "Os bens que facilmente se ganham, esses diminuem, mas o que ajunta à força do trabalho terá aumento." (13; 11)

10- "A esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida." (13; 12)

11- "O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo o disciplina." (13; 24)

12- "O pobre é odiado até do vizinho, mas o rico tem muitos amigos." (14; 20)

13- "O ânimo sereno é a vida do corpo, mas a inveja é a podridão dos ossos." (14; 30)

14- "Pela sua malícia é derrubado o perverso, mas o justo, ainda morrendo, tem esperança." (14; 32)

15- "Melhor um prato de hortaliças, onde há amor, do que o boi cevado, e com ele o ódio." (15; 17)

16- "O que rejeita a disciplina menospreza a sua alma, porém o que atende à repreensão adquire entendimento." (15; 32)

17- "O coração dos homens pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor." (16; 01)

18- "Quanto melhor é adquirir a sabedoria do que o ouro! E mais excelente adquirir a prudência do que a prata." (16; 16)

19- "Palavras agradáveis são como favo de mel, doces para a alma, e medicina para o corpo." (16; 24)

20- "Responder antes de ouvir é estutícia e vergonha." (18; 13)

21- "As riquezas multiplicam os amigos, mas ao pobre o seu próprio amigo o deixa." (19; 04)

22- "Ao generoso muitos o adulam, e todos são amigos do que dá presentes." (19; 06)

23- "A preguiça faz cair em profundo sono, e o ocioso vem a padecer fome." (19; 15)

24- "Quem se compadece do pobre ao Senhor empresta, e este lhe paga o seu benefício." (19; 17)

25- "Homem de grande ira tem de sofrer o dano; porque se tu o livrares, virás ainda a fazê-lo de novo." (19; 19)

26- "O vinho é escarnecedor, e a bebida forte alvoroçadora; todo aquele que por eles é vencido, não é sábio." (20; 01)

27- "O mexeriqueiro revela o segredo, portanto não te metas com quem muito abre os lábios." (20; 19)

28- "Quem ama os prazeres empobrecerá, quem ama o vinho e o azeite jamais enriquecerá." (21; 17)

29- "O preguiçoso morre desejando, porque as suas mãos recusam trabalhar." (21; 25)

30- "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho não se desviará dele." (22; 06)

31- "Achaste mel? Come apenas o que te basta; para que não te fartes dele, e venhas a vomitá-lo." (25; 16)

32- "Não sejas frequente na casa do teu próximo, para que não se enfade de ti, e te aborreça." (25; 17)

33- "Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio." (25; 28)

34- "Quem se mete em questão alheia é como aquele que toma pelas orelhas um cão que passa." (26; 17)

35- "A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe." (29; 15)

Imagem: Wikipédia.