sábado, 3 de dezembro de 2011

Poesia: Almas gêmeas / Autor(a): ?

A alma gêmea não é a outra metade de um ser, mas seu desafio.

Não é escada para a espiritualidade, mas o conforto para a agonia.

Você não pode tolerar a sua alma gêmea, porque você sequer pensa em tolerar a si próprio.

Você sente os erros de sua alma gêmea como se fossem seus próprios, sua dor e sua paz.

Você pode sentir seu toque em sua própria pele, enquanto a toca.

A alma gêmea é a ausência sem tempo e espaço, um sorriso que leva do início ao fim uma vida inteira. É o ar que se respira, pois só tem importância vital quando o perdemos.

É a certeza de que nascemos para sermos felizes, a felicidade a ser conquistada.

Pensar sobre a sua alma gêmea é imaginar seu reflexo invertido.

Pensar sobre a alma gêmea é amar o próximo ainda que distante.

Ser uma alma gêmea é estar finalmente vivo, nem que após a morte.


Imagem: http://mazaltov.deviantart.com/art/If-there-s-a-soulmate-251468677?q=boost%3Apopular%20soulmate&qo=15